Buscar
  • desafiomecanico

Primeiro episódio das Quartas de Final: Ana Paula x Gabi

A nova fase do Desafio Mecânico começou a todo vapor! Após uma batalha tensa e um longo debate entre os jurados, conhecemos a primeira classificada para a semifinal

Agora que já conhecemos todos os participantes que se classificaram para essa fase e sabemos da capacidade técnica de cada um, já era de se imaginar a dificuldade que os nossos jurados teriam. Só não sabíamos que, logo de cara, eles teriam tanto trabalho assim. Após uma prova valente mas com muitos erros entre Gabriele Rodrigues e Ana Paula, com ambas entregando o serviço incompleto, o trio de jurados teve que quebrar a cabeça para escolher a primeira classificada, que não foi escolhida de forma unânime.


Na prova, as participantes tiveram que desmontar, substituir o kit de reparo e remontar a suspensão Manitou Markhor, em até 30 minutos. Foram utilizadas peças, ferramentas e insumos da mais alta qualidade, referências no mercado: Suspensão Manitou Markhor, óleo de suspensão Algoo e ferramentas Park Tool, além do relógio Garmin Forerunner 245 que monitorou a frequência cardíaca das participantes durante toda a prova.


A batalha

O embate entre Gabriele e Ana Paula, ambas de 25 anos, foi marcado pelo nervosismo e falta de experiência, mas, ao mesmo tempo, por muita coragem e força de vontade. A tarefa de montar uma suspensão em 30 minutos não é fácil, ainda mais quando não se tem o costume. Porém, no Desafio Mecânico, os conhecimentos dos participantes são testados nos seus limites. Afinal, queremos descobrir quem é o melhor mecânico de bicicletas do Brasil!

As duas participantes tiveram muita dificuldade no processo, mas não jogaram a toalha e encararam a prova de cabeça erguida. Logo no início, Ana Paula já abriu o manual para seguir o passo a passo, ponto positivo notado pelo trio de jurados. Gabi, por outro lado, por confiança ou falta de atenção, não olhou o manual e foi direto retirar o ar da suspensão, um procedimento que é quase padrão das suspensões. O problema é que neste modelo não se retira o ar, porque impossibilita a retirada do cartucho. Ela até conseguiu tirar posteriormente, é verdade, mas já tinha perdido minutos preciosos de seu tempo.


A prova seguiu e ambas cometeram erros. Apesar de ler o manual, Ana também retirou o ar da suspensão e perdeu um bom tempo de prova. Ela também utilizou a chave errada em um dos processos, o que poderia danificar a peça. Gabriele até foi mais longe na prova, mas seu erro crucial foi não ter utilizado a ferramenta certa para medir a quantidade de óleo, o que pode interferir diretamente no seu funcionamento. Por fim, o tempo se esgotou e ambas não entregaram o trabalho finalizado.


Avaliação dos jurados e veredito

O nível da competição aumentou e, junto com ele, aumentou também a rigorosidade dos jurados. Eles demonstraram muita insatisfação com os erros apresentados e com a entrega incompleta do serviço. O trio apontou as principais falhas de Gabi e Ana, explicando a maneira correta de como deveria ser feito e ressaltando a importância da atenção ao uso do manual.


A decisão, no entanto, não foi nada fácil. Depois de um longo debate entre os jurados e divergências na hora da escolha, foi decidido que Ana Paula avançaria para a próxima fase. Isso porque o erro de Gabrielle poderia afetar diretamente o usuário final, sendo perigoso para o ciclista, enquanto o erro de Ana Paula poderia danificar apenas a peça. Depois de um belo discurso, Marron revelou o nome no envelope, anunciando Ana Paula como a primeira classificada para as semifinais!


Próximo Episódio

Na próxima terça (27), às 19h, terá mais um duelo em busca da classificação! Após se destacarem na primeira fase, chegou a hora de Hertz e Gurae se enfrentarem por uma vaga na semifinal. É Pernambuco x Rio de Janeiro nos estúdios do Desafio Mecânico. Que vença o melhor!


Assista ao episódio completo:



313 visualizações2 comentários

Posts recentes

Ver tudo